Linhas de Especialização e Módulos de Formação

Linhas de Especialização

 

1. Controle de Processos
Controle Multivariável (DAS)
Tópicos Especiais em Informática Industrial (DAS)
Controle Preditivo (PGEAS)
Controle Não-Linear (PGEAS)
Controle Robusto (PGEAS)
Controle de Processos Industriais (PGEAS)
Modelagem de Sistemas Dinâmicos (PGEAS)
Identificação de Sistemas (PGEAS)

 

2. Automação Discreta e Manufatura
Avaliação de Desempenho de Sistemas de Automação Discreta II (DAS)
Tópicos Especiais em Informática Industrial (DAS)
Automação de Processos de Soldagem (EMC)
Tecnologia de Comando Numérico (EMC)
Sistemas Dinâmicos a Eventos Discretos 2 (PGEAS)
Verificação Formal de Sistemas (PGEAS)
Fundamentos de Matemática Discreta (PGEAS)

 

3. Sistemas Ciberfísicos
Processamento de Sinais (DAS)
Programação Concorrente e Sistemas de Tempo Real (DAS)
Sistemas de Tempo Real 1 (PGEAS)
Sistemas de Tempo Real 2 (PGEAS)
Robótica Móvel (PGEAS)
Controle para Networked Control Systems (PGEAS)
Projeto e Desenvolvimento de Sistemas Embarcados (PGEAS)
Sistemas Multiagentes (PGEAS)
Sistemas Distribuídos 1 (PGEAS)
Verificação Formal de Sistemas (PGEAS)
Interação Humano-Máquina (PGEAS) | disciplina a ser criada em breve

 

4. Robótica
Mecanismos (EMC)
Robótica II (DAS) | disciplina a ser criada futuramente
Robótica Móvel (PGEAS)
Sistemas Multiagentes (PGEAS)
Teoria de Curvas e Superfícies (POSMEC)
Reconhecimento de Padrões (INE | trata de Visão Computacional)

 

5. Otimização de Sistemas
Grafos (INE)
Introdução à Otimização Matemática (PGEAS)
Otimização Convexa (PGEAS)
Modelagem para Otimização (PGEAS)
Programação Inteira (PGEAS)
Introdução a Algoritmos (PGEAS)

 

6. Engenharia Biomédica
Inteligência Artificial Aplicada a Controle e Automação (DAS)
Processamento de Sinais (DAS)
Fundamentos de Engenharia Biomédica (EEL)
Instrumentação Biomédica (EEL)
Engenharia Clínica para Uso Médico (EEL)
Introdução à Informática Médica (EEL)

 

7. Energia
Introdução à Indústria de Petróleo & Gás (DAS)
Introdução ao Controle para a Indústria de Petróleo & Gás (DAS)
Técnicas de Controle Aplicadas à Indústria de Petróleo & Gás (DAS)
Instrumentação Aplicada à Indústria de Petróleo & Gás (DAS)
Seminários para a Indústria de Petróleo & Gás (DAS)
Modelagem e Controle de Micro-Redes de Distribuição de Energia Elétrica (PGEAS)

 

8. Inteligência Artificial
Inteligência Artificial Aplicada a Controle e Automação (DAS)
Reconhecimento de Padrões (INE)
Data Mining (INE)
Sistemas Inteligentes (INE)
Técnicas Estatísticas de Predição (INE)
Sistemas Multiagentes (PGEAS)

 

9. Sistemas Corporativos para Indústria 4.0
Integração de Sistemas Corporativos (DAS)
Fundamentos de Sistemas de Banco de Dados (INE)
Bancos de Dados 2 (INE)
Bancos de Dados 3 (INE)
Data Warehouse (INE)
Técnicas Estatísticas de Predição (INE)
Modelagem e Automação de Processos de Negócios (INE)
Testes de Software (INE)
Indústria 4.0 I (PGEAS)
Indústria 4.0 II (PGEAS)
Engenharia de Software Orientada a Serviços (PGEAS)
Sistemas Distribuídos 1 (PGEAS)

 

Legenda:

 

1) O que são linhas de especialização?
As linhas de especialização correspondem a uma categorização das optativas do curso, tanto da graduação quanto da pós-graduação, em grandes áreas consideradas relevantes e atuais da Engenharia de Controle e Automação. Desse modo, os estudantes do nosso curso poderão visualizar melhor as possibilidades que o currículo oferece, entender melhor as relações entre as optativas e como que elas estão organizadas, e então se motivarem mais e se planejarem com antecedência para a concretização de uma especialização de alta qualidade em áreas profissionalizantes de interesse. Não há qualquer exigência de um número mínimo ou máximo de créditos a serem cursados em cada linha de especialização, e o estudante está totalmente livre para cursar optativas de uma ou de várias linhas, ou seja, não há qualquer obrigatoriedade de o/a estudante escolher alguma linha em específico. Ressalta-se, ainda, que não há a emissão de nenhum tipo de certificação por parte da Coordenação do Curso pelo fato de o/a estudante ter cursado disciplinas de uma certa linha de especialização.

2) Como faço para cursar as disciplinas de programas de pós-graduação das linhas de especialização?
Para cursar as disciplinas listadas acima do PGEAS e POSMEC, o/a estudante deve realizar matrícula como disciplina isolada junto à Secretaria do respectivo Programa de Pós-Graduação. Para isso, se informe sobre os prazos e procedimentos nas respectivas páginas eletrônicas. Após cursada a disciplina isolada, o/a estudante deverá então entrar com solicitação de validação das disciplinas optativas DAS5951-Tópicos Avançados em Controle e Automação I (até DAS5962 Tópicos Avançados em Controle e Automação XII) do currículo do nosso curso junto à Secretaria da ECA, apresentando o histórico escolar da pós-graduação + ementa da disciplina cursada. Ressalta-se que as disciplinas cursadas em programas de pós-graduação serão validadas com um fator de 1.5 na nossa graduação, ou seja, um disciplina de 2 (dois) créditos cursada na pós-graduação é validada como uma optativa de 3 (três) créditos do nosso currículo (DAS5951 até DAS5960). Além disso, somente as disciplinas de pós-graduação que estão listadas nas linhas de especialização é que poderão ser validadas como optativas do curso da graduação (qualquer disciplina de pós-graduação fora dessa lista não poderá ser validada).

 

Módulos de Formação

1. Otimização de Sistemas
2. Eficiência Energética em Sistemas de Refrigeração
3. Sistemas Ciberfísicos
4. Instrumentação em Saúde
5. Saúde Digital

Nosso curso de Engenharia de Controle e Automação implementou desde 2019-1 o que chamamos de “módulos de formação”. Trata-se de uma iniciativa que visa reconhecer, externalizar e registrar que determinado conjunto de créditos eletivos (optativas do curso), somados a uma atividade prática, agregam qualificações específicas ao acadêmico de ECA.

1) O que são módulos de formação?
São estruturas curriculares voláteis e não-obrigatórias as quais visam dar formação em temáticas consideradas relevantes e atualizadas para acadêmicos de ECA. Os mesmos devem ser constituídos por no mínimo doze (12) créditos em disciplinas eletivas (optativas do curso), previamente definidas no escopo de cada módulo, e por uma atividade prática na temática do módulo. Tal atividade prática pode ser um estágio (obrigatório ou não), um Projeto de Fim de Curso (PFC) ou uma Monografia Orientada.

2) Como se dará a operacionalização sobre o reconhecimento dos módulos?
Cada módulo tem um professor responsável. Cabe ao mesmo aferir se o/a estudante cursou as disciplinas do módulo e se a atividade prática realizada corresponde à temática do módulo. Tal responsável deverá aconselhar os/as acadêmicos/as na busca por estágios e por orientação em Monografia ou PFC. Uma vez devidamente atestado o cumprimento dos requisitos do módulo, a Coordenação do Curso irá emitir um “Certificado de Conclusão de Módulo” ao/á estudante. A orientação da Coordenação do Curso é que os estudantes interessados em determinado módulo entrem em contato com o professor responsável para tirar dúvidas e buscar orientações antes de dar início às disciplinas e atividades práticas do módulo.

3) Tempo de vida dos módulos
Ao ser proposto, o módulo deve perdurar por um ano. É permitido que haja renovação dos módulos. Portanto, novos módulos podem ser criados e também deixar de existir a cada semestre.

4) Qual a diferença entre *linhas de especialização* e “módulos de formação”?
As linhas de especialização são apenas uma categorização das optativas do curso, tanto da graduação quanto da pós-graduação: não há requisitos em termos de número de créditos a serem cumpridos em nenhuma das linhas, não é exigido que se escolha nenhuma linha em específico, e não há certificação. Já os módulos de formação possuem requisitos específicos a serem atendidos para se obter a certificação correspondente (caso o/a estudante opte por um módulo, mas ressalta-se que os módulos não são obrigatórios).

5) Estrutura de cada módulo
São oferecidos atualmente os seguintes módulos:
1. Otimização de Sistemas
2. Eficiência Energética em Sistemas de Refrigeração
3. Sistemas Ciberfísicos
4. Instrumentação em Saúde
5. Saúde Digital
Para maiores detalhes sobre a estrutura de cada um desses módulos, clique aqui.

6) Aprimoramentos futuros
A ideia é que no início do semestre de 2021-1 a Coordenação do Curso, juntamente com o apoio mútuo dos docentes do curso, comece a estruturar melhor e a refinar cada uma das linhas de especialização, além de reorganizar os módulos de formação em função dessas linhas. Assim, a expectativa é que em 2021-2 se apresente à nossa graduação um novo rol mais aprimorado de linhas de especialização e de módulos de formação. Os resultados do formulário online recentemente aplicado pela Alumni serão bastante importantes nesse processo, além do feedback constante dos/as graduandos/as sobre as linhas de especialização e os módulos de formação atuais, tanto do ponto de vista conceitual quanto operacional das linhas/módulos (relevância e relação das disciplinas de cada linha/módulo, possíveis choques de horário entre as disciplinas de cada linha/módulo, disponibilidade das disciplinas, etc).