Programa Ciência Sem Fronteiras

 

PROCEDIMENTOS E DOCUMENTOS REFERENTES AO

PROGRAMA “CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS” (CSF)

 

 

O Ciência Sem Fronteiras (CSF) é um Programa nacional que o MEC e MCTI, através das agências Capes e CNPq, estabelecem com as várias universidades brasileiras, dentre as quais a UFSC, para promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

As chamadas do CSF ocorrem em variados períodos pelo CNPq e Capes. O aluno interessado pode acompanhar as chamadas em: http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/inscricoes-resultados

Para os alunos da graduação em Engenharia de Controle e Automação, o intercâmbio com bolsa CSF, do ponto de vista curricular, pode se vincular às disciplinas DAS5931 (Programa de Intercâmbio I), DAS5932 (Programa de Intercâmbio II) ou DAS5501 (Estágio em Controle e Automação Industrial). O aluno tanto pode cursar apenas disciplinas, mesclar isso com algum estágio prático (em áreas afins ao do ECA), ou mesmo apenas realizar um estágio prático, sem fazer disciplinas. Se só faz disciplinas, e sendo o CSF uma atividade de 12 meses, isso estará vinculado às disciplinas Intercâmbio I e Intercâmbio II. Porém, neste caso excepcional, o processo não deverá passar pela SINTER, mas tratado como um estágio “normal” no exterior, onde se deverá providenciar os devidos documentos via DIP. Além disso, deverá obrigatoriamente ter o aval do Coordenador do Curso, que avaliará o caso e, se aprovado, providenciará a matrícula na disciplina de Intercâmbio. Ao final desse Intercâmbio, ao invés de escrever o relatório de estágio nos moldes do estágio obrigatório, o aluno deverá apenas fazer o RAENO, via site do SIARE. Se mesclar disciplinas com atividades práticas, o aluno poderá usar isso como atividades de estágio, ou seja, poderá depois vincular isso à disciplina de estágio obrigatório (ver item abaixo “SOBRE CONCEITOS, REVALIDAÇÃO DE DISCIPLINAS E DE ATIVIDADES”).

 

Deve ser o aluno a fazer a matrícula em Intercâmbio I e/ou II. Porém, isto só tem como ser feito via formulário próprio e junto à Coordenadoria do ECA, que é quem efetivamente matricula o aluno no sistema (ver abaixo instruções detalhadas, nos passos 20 e 21).

 

Atualmente a Coordenadora CSF da UFSC é a servidora Juliana K. Ferreira, da SINTER. Os assuntos relativos ao CSF no DAS são tratados pela Coordenadoria de Curso, e não pela de Estágios: secretaria de curso do ECA (rodrigo@das.ufsc.br / telefone 3721-9934) e/ou com o Prof. Marcelo Stemmer (marcelo@das.ufsc.br), atual coordenador do ECA.

 

O tipo de tarefas a serem desenvolvidas e disciplinas a serem cursadas devem ser relacionadas com a natureza do curso de Engenharia de Controle e Automação da UFSC.

 

Atualmente o governo oferece gratuitamente o TOEFL ITP para os candidatos a algumas Chamadas específicas que não tenham nível de inglês suficiente, ganhando 6 meses de curso de idioma antes do início das disciplinas acadêmicas.

 

Demais informações podem ser vistas no site oficial da SINTER / CSF:

http://sinter.ufsc.br/programas-internacionais/programa-ciencia-sem-fronteiras/

 

Os critérios de candidaturas variam de acordo com as chamadas. Assim, existem critérios gerais:

http://sinter.ufsc.br/files/2013/03/Edital-Conjunto-1-2013-SINTER-PROGRAD-CSF.pdf 

 

Os procedimentos gerais para aqueles que já receberam bolsas estão em:

http://sinter.ufsc.br/files/2013/06/CSF-Procedimentos-para-contemplados.pdf

 

 

COMO PROCEDER ?

1-        São abertas Chamadas Públicas no site do Programa CSF (www.cienciasemfronteiras.gov.br);

2-        É publicado um Edital da UFSC com base nas Chamadas Abertas, no site da SINTER (www.sinter.ufsc.br). Este Edital estabelece os critérios UFSC para homologação das candidaturas;

3-        Aluno se inscreve no site do Programa CSF (www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/);

4-        Ao término do prazo de inscrição, a Coordenação CSF/UFSC  homologa ou indefere as candidaturas diretamente no sistema do programa CSF, considerando os critérios da UFSC;

5-        Capes ou CNPq analisam as candidaturas homologadas, considerando vagas e os critérios gerais do CSF;

6-        Cada Chamada Pública é feita através de um convênio entre o CSF e uma instituição parceira no exterior (ex: DAAD na Alemanha, IIE nos Estados Unidos etc.);

7-        Quando a Chamada é da CAPES, os candidatos selecionados recebem um e-mail de comunicação. Quando a Chamada é do CNPq, eles enviam uma lista de selecionados à instituição parceira no exterior, e estas instituições enviam e-mails aos alunos selecionados;

8-        Alunos selecionados se inscrevem nos sites das instituições parceiras no exterior. Por ser um Programa nacional com acordos firmados com as instituições parceiras no exterior, não são necessários convênios entre as universidades brasileiras e estrangeiras;

9-        As instituições parceiras no exterior enviam as candidaturas às universidades estrangeiras. Estas analisam os pedidos, escolhem os alunos e comunicam a instituição.

10-    As instituições parceiras oferecem uma vaga aos alunos selecionados, que aceitam ou não;

11-    Candidatos selecionados e contemplados recebem uma Carta de Aceite da universidade estrangeira;

12-    Os contemplados devem fornecer seus dados à Coordenação CSF/UFSC, e buscar informações complementares no site da SINTER.

13-    Após aceito por uma universidade estrangeira, o aluno preenche um formulário chamado Learning Agreement / Contrato de Estudos / Contrat d’Études, onde lista as disciplinas que pretende cursar nessa universidade. Caso ela ainda não tenha liberado no seu site o Learning Agreement, o aluno deve analisar as disciplinas oferecidas pela universidade (no próprio site) relacionadas ao ECA e listar quais deseja cursar ou acha que possam ser interessantes (além das suas ementas e cargas horárias).

14-    Sobre as disciplinas e considerando o objetivo do Programa CSF, a recomendação geral é que o aluno procure focar em áreas / disciplinas que são de excelência na universidade destino, procurando complementar conhecimentos que talvez não sejam fornecidos ou na devida profundidade no ECA ou UFSC. Portanto, o objetivo número 1 quando da seleção de disciplinas não deve ser a eventual futura revalidação. Importante esclarecer também que a validação de uma dada disciplina não necessariamente se dá base de uma para uma, ou seja, um dada disciplina do ECA pode ser validada pelo conjunto de disciplinas feitas no exterior.

15-    Aluno *obrigatoriamente* deve levar este formulário ao Coordenador do Curso do ECA para que este avalie e discuta o plano de estudos com o aluno. Este plano de estudos é constituído pela lista de disciplinas que o aluno deseja fazer, a ementa e carga horária de cada uma dessas disciplinas, e o plano de trabalho em si. Refinamentos na lista de disciplinas podem ser feitos quando o aluno chegar na instituição ou durante o ano, mas deve ter o aval da Coordenação de Curso do ECA.

16-    Caso o Coordenador do Curso aprove, ele assina o formulário e fica com uma cópia dessa documentação.

17-    Aluno leva documentação à SINTER.

18-    Quando o formulário também pedir (além da assinatura do coordenador do curso) a assinatura do Coordenador Institucional, o aluno deve primeiramente coletar a assinatura do coordenador do curso, e depois da Coordenadora institucional do CSF/UFSC, que é atualmente a SINTER. O aluno deve manter consigo uma cópia deste documento, para poder utilizá-lo quando de seu retorno e, se for o caso, procurar validar as disciplinas cursadas.

19-    Ao chegar na universidade de acolhida, o aluno deve enviar um comprovante oficial de chegada (Proof of Arrival, expedido pela universidade local) à Coordenadora CSF/UFSC;

20-    Aluno faz matrícula na disciplina DAS5931 (Intercâmbio I). Para tal, deverá preencher formulário próprio obtido no link Procedimentos da página do ECA (ou diretamente no link http://www.das.ufsc.br/~rabelo/Outros/Requerimento_Matricula_Intercambio.rtf) e entregar na secretaria do curso, juntamente com outros documentos (descritos no requerimento), dependendo do caso. O processo é analisado e, caso aprovado, a própria secretaria de curso do ECA faz a matrícula no sistema. Não é possível o aluno por si só tentar se matricular, pois esta disciplina não aparece como oferecida no sistema. Aluno deve prestar atenção nas datas de matrícula, que seguem o calendário escolar da UFSC.

21-    Dado que o CSF tem um período de 1 ano, o aluno deve fazer também sua matrícula na disciplina DAS5932 (Intercâmbio II). Porém, o aluno estará no exterior. Portanto, o aluno, e novamente observando o calendário de matrículas da UFSC, deve enviar por email uma mensagem para a secretaria de curso do ECA (rodrigo@das.ufsc.br) confirmando sua permanência na universidade do exterior no segundo semestre para que então a Coordenadoria faça a matrícula. Nesse email ele deve anexar o requerimento de matrícula em Intercâmbio II.

22-    Ao deixar a universidade estrangeira, o aluno deve enviar à Coordenadora CSF/UFSC o comprovante oficial de saída (Proof of Departure, expedido pela universidade local).

23-    De volta à UFSC, o aluno deve abrir um Processo de Validação de Disciplinas no DAE. Deve anexar no processo: o Learning Agreement/Contrato de Estudos/ Contrat d’Études, o certificado de aproveitamento acadêmico / notas, as ementas e carga horária das disciplinas efetivamente cursadas. Além disso, o aluno deve preencher um relatório de atividades, disponível no link: https://docs.google.com/forms/d/1H9i-KiEZbkQXojSrIJix_8Wyvr6iSoJnzhgaMUm1OnQ/viewform?pli=1

24-    Posteriormente, deverá também enviar por e-mail para csf@contato.ufsc.br com o Certificado de Notas obtidas na universidade estrangeira e, quando já houver, o Histórico Síntese constando as disciplinas validadas. Alunos que não realizarem esta prestação de contas não terão seu intercâmbio aprovado no sistema da Capes ou do CNPq.

 

Observação:

Os alunos que forem realizar no CSF apenas um estágio prático ou com alguma carga significativa disso em paralelo com as disciplinas, a CAPES ou o CNPq podem solicitar ao aluno, por email, uma declaração do supervisor local das suas atividades para comprovar a atuação do aluno no estágio. Esta declaração está disponível no site http://automacao.ufsc.br/ (sublink “Procedimentos”, item “Declaração de Orientação do CSF”);

 

 

SOBRE CONCEITOS, REVALIDAÇÃO DE DISCIPLINAS E DE ATIVIDADES

A equivalência das disciplinas que o aluno cursou fora não é dada automaticamente pelo simples fato de o aluno ter feito o CSF. As disciplinas que por ventura se julguem adequadas para se requerer uma equivalência devem ter o pedido encaminhado como um processo normal de pedido de equivalência. Assim, após cursá-las e retornar ao Brasil, o aluno deve montar processo próprio no DAE, que por sua vez o encaminhará à Coordenação do Curso para ser analisada em Colegiado de Curso.

 

É possível a validação das atividades realizadas no programa CSF como estágio obrigatório. Para isso, porém, desde o início das atividades, o aluno deverá seguir os procedimentos descritos para essa modalidade de estágio, disponível no link (http://automacao.ufsc.br/c/1/5), incluindo a matrícula na disciplina de estágio obrigatório.

 

Todos os alunos matriculados em Intercâmbio I e II ficam com conceito “I” até o momento de voltarem. Ao retornarem à UFSC, deverão regularizar isso diretamente junto ao Coordenador de Intercâmbio do ECA/DAS, Prof. Ricardo Rabelo.

 

 

CANCELAMENTO OU ALTERAÇÕES

Quando o contemplado desejar desistir de realizar o intercâmbio CSF, deve comunicar a Coordenadora CSF/UFSC, a Coordenação do seu curso, a universidade estrangeira que lhe ofereceu a vaga, e o programa CSF (CAPES ou CNPq).

 

Quando o contemplado desejar modificar seu Learning Agreement/Contrato de Estudos/ Contrat d’Études deve contatar a Coordenação de seu curso.

 

CONTATOS DA COORDENAÇÃO CSF/UFSC:

Juliana K. Ferreira

www.sinter.ufsc.br

csf@contato.ufsc.br

(48) 3721-8739

 

 

ENDEREÇO PARA ENVIO DE DOCUMENTOS OU CONTATO NO ECA/DAS SOBRE O CSF

UFSC / CTC / DAS

Coordenadoria do Curso de Engenharia de Controle e Automação

Florianópolis – SC, Brazil

Caixa Postal: 476

CEP: 88040-900

 

Telefone: (+ 48) 3721-9934

Email: rodrigo@das.ufsc.br

 

 

Em 18/07/2013

 

 

Por Prof. Ricardo J. Rabelo

Coordenador de Estágios, PFCs e Intercâmbios do DAS/ECA